sábado, 28 de agosto de 2010

E a questão da segurança nobre candidato?


As empresas de segurança e seus "táticos"(agentes de segurança em motos) são tão comuns, que já nos acostumamos com a sua presença nas ruas de Curitiba. Mas não deveria ser assim, já que segurança pública é de competência dos que nos governam, uma vez que trabalhamos quase quatro meses por ano de graça para o governo na forma de impostos, para que tivéssemos saúde de qualidade, educação de qualidade e segurança. 
Mas hoje, em plena campanha, todos são maravilhosos, sorridentes e dizem que farão tudo o que os outros não fizeram, incluindo eles mesmos em outras oportunidades.
Pense bem, vote consciente. Vote em quem tem ficha limpa!

Um comentário:

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.