quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Pessoas comuns e incomuns de Curitiba 2


Nada mais comum do que a imagem da garotinha sentada na porta de uma loja na Brigadeiro Franco, comunicando-se com o mundo pelo seu celular, seja via SMS ou por acesso direto ã internet. Essa tecnologia permite que hoje, de qualquer lugar e à qualquer momento, uma pessoa tenha acesso à todas as redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter, blogs) e à internet. Com as novas redes 3G e com as redes 4G, esses acessos serão cada vez mas frequentes e com mais e mais qualidade. Ninguém mais está sozinho, mesmo sozinho.
A Anatel prevê que no final dessa ano, o Brasil tenha mais de 200 milhões de celulares (o que dará mais de 1 celular por habitante), marca que Curitiba já superava em setembro. Um estudo sobre internet móvel conduzido pela consultoria Morgan Stanley prevê que em 5 anos, o acesso à internet pelo celular irá superar o acesso via computador. Ou seja, num futuro não muito distante, os celulares em todas as suas formas (tradicional, smartphones, tablets) serão os grandes agentes da inclusão digital no Brasil.

2 comentários:

  1. ha, what a familiar pose.
    nice candid!

    ResponderExcluir
  2. Thank you! Yesterday I drove the same street and the same girl was there. I think she works there or her boyfriend (it is a surf shop).

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.