quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O pinheiro do interventor



Esse pinheiro foi plantado em 1939 na Praça Tiradentes pelo Interventor Manoel Ribas (que empresta o seu nome à avenida que leva à Santa Felicidade).

Manoel Ribas nasceu em Ponta Grossa no dia , 08/03/1873 e faleceu em Curitiba no dia 28/01/1946.
Em 1897 mudou-se para Santa Maria (RS), onde organizou a Cooperativa dos Empregados da Viação Férrea do Rio Grande do Sul, cuja administração o tornou conhecido, sendo eleito prefeito dessa cidade em 1927.
Após a renúncia do interventor do Paraná, general Mário Tourinho, o presidente Getúlio Vargas o indicou como interventor no Paraná. Assumiu no dia 30 de janeiro de 1932. Permaneceu durante treze anos à frente do governo paranaense, ora como interventor de 1932 a 1934, ora como governador de 1935 a 1937, e outra vez como interventor de 1937 a 1945.
Apesar dos poucos recursos, realizou importantes obras, como por exemplo, a Estrada do Cerne, iniciada em 1935 e concluída em 1940, ligação vital ao desenvolvimento integrado do Estado. Iniciou as obras das estradas de Curitiba a União da Vitória e de Ponta Grossa a Apucarana. Intensificou o fomento a agricultura, mediante a construção de escolas rurais e distribuição de sementes selecionadas; intensificou a melhoria da pecuária com a criação de cavalos de corrida, a importação de reprodutores da raça “jersey”; reaparelhou o Porto de Paranaguá; apoiou a cafeicultura, ampliou atenção à educação com a construção de escolas, de que é exemplo maior o Colégio Estadual, em Curitiba; priorizou a Saúde Pública, com a implantação de centros de assistência sanitária, laboratórios e dispensários.
Fiscalizava pessoalmente as repartições públicas, surpreendendo os funcionários relapsos que eram sumariamente demitidos. Com isso ganhou muitos inimigos, mas cativou respeito e confiança da maioria esmagadora da população.
Soube também, estimular vocações artísticas. Entre os muitos talentos que incentivou destaca-se Poty Lazzarotto, ao qual concedeu bolsa de estudos para estudar no Rio de Janeiro.
Com a deposição do presidente Getúlio Vargas em 1945, caiu também o interventor Manuel Ribas. Deixou o Palácio São Francisco (atual Museu Paranaense), antiga sede do governo, em 6 de novembro, após o longo predomínio na administração e política do estado.
Fonte: Wikipedia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.