terça-feira, 30 de agosto de 2011

Painel de azulejos de Arthur Nísio - Maternidade Nossa Senhora de Fátima


Esse mural é obra do curitibano Arthur Nísio (1906-1974), desenhista, gravador e pintor. Medindo 3,45m de altura por 6,75m de comprimento, foi encomendado pela Sociedade Paranaense de Cultura para ornamentação da Maternidade Nossa Senhora de Fátima.
Em azulejos brancos e azuis, Nísio retratou a aparição da Virgem Maria em 1927 a pastores na localidade de Fátima, Portugal.
O mural de azulejos com gradações de azul ocupa toda a parede de alvenaria colocada na calçada a frente da maternidade, tendo sido tombado pela Coordenadoria do Patrimônio Cultural do Estado em 14 de dezembro de 1990.
A Maternidade Nossa Senhora de Fátima fica na Avenida Visconde de Guarapuava, 3077.

4 comentários:

  1. Grande, Takeushi! Passamos tão rápido ali que nem nos damos conta da beleza deste mural. Valeu pela captura!

    ResponderExcluir
  2. OI Bárbara. Obrigado. Muitos dos pontos que já fotografei em Curitiba eu também passava batido por eles. Somente quando tive nas mãos a lista dos 100 Totens do Patrimônio Cultural de Curitiba e os 58 Bens Tombados pelo Estado, eu fui descobrindo esses pontos e me surpreendendo com eles. Fiz 97 dos 100 totens e 51 dos 58 bens tombados pelo estado! Garanto que não há roteiro turistico ou livro para turistas que supere circular por esses pontos (dariam dois livros maravilhosos).

    ResponderExcluir
  3. Eu já vi este mural lá e é realmente lindíssimo. Me chamou muito a atenção pois fiquei alguns minutos observando...o que me chamou mais a atenção é que a maternidade está desativada/fechada...com tanta especulação imobiliária...temo pelo triste fim desta obra de arte a céu aberto.

    ResponderExcluir
  4. OI Lulux. Entre no site do hospital e parece estar funcionando. Essa desativação é recente? Mas de qualquer forma, o painel é tombado pelo estado e não pode sofrer qualquer intervenção independentemente do destino do hospital.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.