quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Curitiba a partir do mirante das Mercês - NORDESTE


Nessa direção, à partir da Torre, podemos observar os seguintes bairros: Ahú, Bom retiro, Centro Civico e São Lourenço.

O Ahu é um bairro com aproximadamente 10mil habitantes. Nele está localizado as Ruínas do Presídio do Ahú. O prédio, construção de 1896, abrigou o Asilo para Alienados desde 1903. Em janeiro de 1909, tornou-se um presídio visando substituir o antigo cadeião. Num convênio assinado no início de 2009, pelo governador do estado do Paraná, Roberto Requião e pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Augusto Hoffman, ficou formalizada a compra desse terreno, onde serão construídos um parque e o futuro Centro Judiciário.

O nome do bairro do Bom Retiro, originou-se num Sanatório, inaugurado em 1946, no terreno que Lins de Vasconcelos doou, em 1945, à Fundação Espírita do Paraná. Com a criação do Bom Retiro, o Instituto Lins de Vasconcelos passou a ocupar o lugar do Sanatório, que foi transferido para o outro lado da Rua Nilo Peçanha, uma das principais do bairro, que já era asfaltada, apesar de pouco habitada. Em torno dessas entidades, o bairro começou a se expandir de maneira significativa, em população e desenvolvimento.

O nome do bairro começou a surgir durante os anos 40, quando o urbanista francês, Alfred Agache, dentro de suas propostas para o novo Plano Urbano de Curitiba propôs a criação de um Centro Cívico. O Plano Agache concebia o Centro Cívico como "uma praça de características especiais, dos edifícios destinados aos altos órgãos da administração Estadual que além da função de centro de comando, pudesse bem denominar-se como sendo a "sala de visita da cidade", apresentando um conjunto de arquitetura especial em harmonia com o tratamento paisagístico da ampla praça central". Em 1951, iniciaram-se as suas construções. Em 1953, durante as comemorações do Centenário da Emancipação Política do Paraná, o então governador Bento Munhoz da Rocha Neto inaugurava o Centro Cívico e, em 1968, o bairro recebeu oficialmente o seu atual nome.

As primeiras pessoas que chegaram na região onde hoje localiza-se o bairro do São Lourenço, foram os portugueses. O nome do bairro veio em homenagem ao santo católico, São Lourenço de Huesca. Em 1920 a água encanada, a energia elétrica e o transporte coletivo ainda não faziam parte do cotidiano dos moradores do bairro e a região era muito conhecida por suas criações de cavalos. Devido às constantes enchentes que ocorriam na região, inaugurou-se em 1972 o parque São Lourenço, que oferece lazer à população e um centro de criatividade e cultura. No Bairro São Loureço estão o Parque São Lourenço e o Colégio Marista Santa Maria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.