sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Pessoas comuns e incomuns de Curitiba 14


Estive recentemente na Praça Eufrásio Correia para fotografar duas árvores imunes e ao circular pela praça, vi essas meninas descansando junto à fonte. Uma das meninas foi congelada pela minha câmera numa pose que é praticamente a mesma da estátua mais alta da fonte.
A Praça Eufrásio Correia sempre me causava incômodo e passar por ela nunca me pareceu seguro pelas pessoas mal encaradas que sempre a rondavam. Não raro, era possível ver a polícia fazendo guarda.
A Prefeitura de Curitiba fez uma série de melhorias na praça (iluminação, recuperação dos canteiros) e o Palácio Rio Branco (sede da câmara dos vereadores) está sendo restaurado.
A praça Eufrásio Correia surgiu em 1885 como Largo da Estação, pois perto dali ficava a antiga estação ferroviária. Em 1888, recebeu o atual nome Eufrásio Correia. A praça conta com esculturas importantes como a do Semeador, obra da artista Zacco Paraná, presente oferecido em 1922 à cidade pela comunidade polonesa, além do chafariz de ferro importado da França.

4 comentários:

  1. também não gosto muito dessa praça =P sempre tem um povo meio estranho por ali....

    pego onibus ali na frente ^^)

    ResponderExcluir
  2. O que é uma pena, pois historicamente é um local super relevante para Curitiba. Praticamente tudo e todos entravam em Curitiba por ali.

    ResponderExcluir
  3. Que lindeza de momento, que beleza de foto, obrigado... parabéns

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.