domingo, 21 de junho de 2009

Praça do Homem Nú




A Praça 19 de Dezembro, também conhecida como Praça do Homem Nu é um logradouro localizado no centro da cidade de Curitiba.

A praça foi inaugurada na esteira do programa de obras públicas comemorativas do centenário da emancipação política do estado do Paraná, ocorrida em 19 de dezembro de 1853.

A praça conta com um obelisco de pedra, contendo dizeres comemorativos ao centenário da emancipação acima referida e uma grande estátua em granito de um homem nu (daí o apelido popular do logradouro ser Praça do Homem Nu), de autoria dos escultores radicados no Brasil Erbo Stenzel e Umberto Cozzo. Pretendiam os escultores retratar o homem paranaense olhando em direção ao futuro.

Verificações feitas com uma bússola demonstram que a estátua do Homem Nu olha em direção ao noroeste do Paraná.

A praça é ornamentada também com um tanque de água de formas sinuosas e com um mural de pedra em duas faces. Uma delas contém um painel em granito em alto relevo de Erbo Stenzel e a outra um painel de azulejos azuis e brancos da autoria de Poty Lazzarotto, ambos retratando episódios importantes da história do Paraná.

Mais recentemente, a praça recebeu nova estátua, desta vez de uma mulher nua, de autoria de Umberto Cozzo (antes destinada a guarnecer o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná).

Em razão desta última estátua não fazer parte do conjunto arquitetônico original da praça e não guardar proporções anatômicas com a primeira estátua (do homem nu), tem surgido discussões em certos segmentos artísticos e culturais de Curitiba, no sentido de preservar a conformação original da praça e de seus monumentos, devolvendo esta segunda estátua para sua destinação original.

Fonte: www.wikipedia.org

6 comentários:

  1. Olá...parabéns pelas fotos...saudades novamente de quando eu e meu irmão sentávamos nos pés do homem nú...parecia que ia cair em nós o gigante na nossa visão de criança...

    ResponderExcluir
  2. Tem anos que não vou a essa praça,fez parte da minha infância, assim que for a Curitiba, irei lá. Tenho boas lembranças dessa época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiana. Sem dúvida para uma criança estar diante de um gigante desses de pedra, não deve ser uma imagem que se esqueça.

      Excluir
  3. Brincava nessa Praça quando ia no parque alvorada e no passeio público,tirava fotos no colo da mulher gigante e nos pés do homem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudoso Parque Alvorada. Levei meus filhos várias vezes para brincar lá.

      Excluir
  4. Brincava nessa Praça quando ia no parque alvorada e no passeio público,tirava fotos no colo da mulher gigante e nos pés do homem

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.