quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

A sinistra estátua de um santo homem


Caminhando desprevenido pelo Bosque do Papa num fim de tarde nublado, você pode deparar-se com uma imagem que pode parecer assustadora: uma estátua com aparência sinistra num largo dentro bosque. Não tenha medo, ao aproximar-se verá que trata-se de uma homenagem ao Papa João Paulo II por ocasião de sua visita à Curitiba em 1981. Na placa fixada na base do monumento lê-se o seguinte texto:

"Como peregrino da paz e do amor, falou-nos das coisas perenes que Cristo ensinou e suas palavras, qual brisa que aviva as chamas, fizeram revivescer em nós a mensagem de amor legada por ele. O povo, então, chamou-o de João de Deus.
Esse monumento comemorativo da vinda do Papa João Paulo II a este solo que a todos acolhe e irmana, assinala aos pósteros, a emoção e agradecimento do povo do Paraná por tão grata visita."

Assinam a placa, datada de 16 de outubro de 1981, a comissão executiva formada pela missão católica Polonesa no Brasil e a comissão de honra formada pelo então Arcebispo D. Pedro Fedalto, o Governador Ney Braga e o Prefeito Jaime Lerner.

Lembro que minha querida Vó Julia veio do norte do Paraná para ver o Papa. Lembro que Curitiba parou para ver o Papa nas ruas. Bons tempos esses em que o Papa era pop!

Uma atualização. A escultura é de autoria da paulista Maria Helena Chartuni. Ela é escultora, pintora, restauradora, desenhista e ilustradora. Participou de diversas exposições no Brasil e no exterior e integrou a VII edição da Bienal Internacional de São Paulo. Foi responsável pela restauração da imagem em terracota de Nossa Senhora Aparecida, fragmentada em quase duzentos pedaços em um atentado ocorrido em 1978. Sua produção artística é caracterizada pela síntese entre a pop art e a nova figuração.

5 comentários:

  1. lembro-me bem dessa imagem; é de fato assustadora, e difícil de ser vista como uma homenagem. Vai ver o "artista" que a fez é um materialista convicto e resolveu fazer uma espécie de "presente de grego".

    ResponderExcluir
  2. Washington, tomei conhecimento hoje da existência deste post. Segundo a senhora responsável pela loja de artesanato no parque, esta aparência "assustadora" do Papa deve-se à criatividade da artista (não me lembro o seu nome) que utilizou características de cinco (?) diferentes etnias para fazer o seu rosto e a sua "corcunda" vem do peso da igreja sobre os ombros do papa. A própria comunidade polonesa que financiou a obra também ficou inicialmente chocada. Conversar com esta senhora foi muito interessante e trouxe alguma luz a esta obra. Marcelo

    ResponderExcluir
  3. Oi Marcelo. Sensacional os motivos da sinistra estatua. Particularmente, acho muito legal o estilo dela combinando com o bosque, assusta qualquer criancinha! :o)
    Obrigado pela informação.

    ResponderExcluir
  4. No último dia das mães deste ano, a comunidade católica recebeu um presente produzido pelas mãos do escultor De Rodriguez. A obra "São João Paulo II" está na Catedral Basílica de Curitiba para quem quiser ver! É um espetáculo à parte, com características reais do Santo Papa. Digno até de um Museu de Cera pelo impressionante realismo nas feições do Santo João Paulo II.

    Artista 100% paranaense, digno de nosso reconhecimento. Mas como todos os grandes artistas da história, prefere que sua obra seja imortal ao desejar que seu nome seja amplamente conhecido... Particularmente é uma pena.

    Recomendo conhecerem o facebook dele Escultor De Rodriguez, feito recentemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação Monaliza. Vou conferir.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.